Certificado Internacional de Vacinação

Vacinas exigidas pelos EUA para turistas brasileiros

2 71

Leia esse post em apenas: 3 minutos

O Certificado Internacional de Vacinação é um documento exigido por alguns países, que comprova vacinas preventivas contra determinadas doenças. Em viagens internacionais é fundamental ficar atento a essas exigências, pois, dessa forma, evita contratempos em destinos que algumas vacinas são obrigatórias.  

Adiantamos que viajar para os Estados Unidos não é necessário tomar vacinas obrigatórias. Porém, isso vai depender se o seu voo possui escalas e como isso pode implicar em problemas durante a viagem.

Vamos explicar, neste artigo, quais são as vacinas para os EUA e como emitir o Cartão Internacional de Vacinação.

 

Vacinas recomendadas para viagens internacionais

Quando se trata de vacinas para viagens internacionais, é importante pesquisar as exigências de cada país. Claro que isso pode variar de acordo com o destino, onde é fundamental ficar atento às tendências para determinadas doenças em algumas regiões.

Caso não exista uma obrigatoriedade, recomendamos avaliar se você já tomou as seguintes vacinas:

  • Tétano
  • Difteria
  • Febre amarela
  • Gripe
  • Tríplice Viral

Independente do destino, é importante prevenir o risco sempre para que sua viagem não vire uma dor de cabeça. Além disso, carregar o Certificado Internacional de Vacinação pode ser listado como um dos documentos exigidos pelas companhias aéreas.

 

Vacinas obrigatórias para os Estados Unidos

As vacinas obrigatórias para viagens internacionais também podem variar de acordo com o destino. Por isso, consulte os informativos da Anvisa para organizar seus documentos com antecedência. Pesquise o país destino e saiba quais são as vacinas exigidas para turistas brasileiros.

Não há vacinas obrigatórias para viagens aos EUA. Porém, vale ficar atento(a) ao seu voo, caso faça escalas em países que exigem a comprovação da vacina. Existe uma lista de mais de 100 países que exigem o Certificado Internacional de Vacinação para a febre amarela.

 

Vacinas para entrar nos EUA em voos com escala

Se a companhia aérea a qual fechou suas passagens possuir escalas, é importante saber em qual país será feito. Caso seja em países caribenhos e latino americanos, como Bolívia e Panamá, é exigida a vacina contra febre amarela para entrar nos EUA.

Para voos da Copa Airlines com escala no Panamá, é necessário ter em mãos o comprovante da vacina. Mesmo que você não saia do aeroporto, vale se prevenir para evitar contratempos quando estiver em solo americano.  Lembrando que a vacina poderá ser exigida em caso de escalas em países com alto índice de risco da doença.

A vacina de febre amarela deve ser tomada ao menos 10 dias antes de sua viagem e ela vale por 10 anos. Informe sobre a viagem quando se dirigir a um posto e certifique-se de que é necessário tomar a dose “padrão”.

Países do caribe com alto risco de transmissão da doença: Bahamas, Barbados, Costa Rica, Aruba, Curaçao e Punta Cana

 

Como solicitar o CIVP?

O Certificado Internacional de Vacinação (CIVP) é um documento exigido por muitos países, assim como o passaporte brasileiro ou até mesmo o visto americano (caso seja EUA). É fundamental ter em suas mãos para comprovar a vacinação obrigatória contra algumas doenças.

Para solicitar o documento, acompanhe os passos a seguir:

  1. O primeiro passo é tomar as vacinas exigidas, que podem variar de acordo com o seu destino no exterior. Há alguns postos que conseguem emitir o CIVP, mas vale questionar no momento da vacina.
  2. Acesse o SISPAFRA no site da Anvisa para fazer o pré-cadastro obrigatório.
  3. Verifique o local de atendimento mais próximo de você para a emissão do CIVP
  4. Não esqueça de levar seus documentos (Carteira Nacional de Vacinação e documento original com foto)

É simples e se você tiver a data agendada, é possível solicitar prioridade. Porém, lembramos da importância de planejar sua viagem para os EUA com antecedência. Se estiver com dúvidas em relação às informações para a emissão do CIVP, acesse o site da Anvisa.

– – – – – – – – – – –

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos ou mande novas sugestões, pois ficaremos felizes em escrever novos conteúdos para você.

Siga-nos nas redes sociais. 😉

você pode gostar também
2 Comentários
  1. Ludmilla Diz

    Li que tomou sua vacina de febre amarela no hospital HC em SP. Pagou pela vacina e emissão do certificado? Se sim, pagou quanto? Precisou agendar para tomar a vacina la no HC?

    1. Ezequiel Moura Diz

      Sim, agendei pelo site e fui. Não precisa pagar nada. Tomei no HC (Emilio Ribas)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.